Chris Cornell: apresentação acústica do vocalista em Porto Alegre

Posted: 18 de Junho de 2013 in Reviews
Banda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris Cornell
Banda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris Cornell
Banda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris CornellBanda Chris Cornell

Chris Cornell – 06/2013, um álbum no Flickr.

CHRIS CORNELL

Teatro do Bourbon Country, Porto Alegre/RS (17/06/2013)

Na noite desta segunda-feira, dia 17 de junho, uma das vozes mais marcantes do rock dos anos 90, Chris Cornell, veio ao sul do país para um espetáculo acústico e intimista. O local escolhido foi o Teatro do Bourbon Country na zona norte da capital gaúcha.

Primeiramente o show estava marcado para ser no Auditório Araújo Vianna e logo de cara, ficou clara a motivação para a troca de endereço. Com entradas exuberantemente caras, o artista acabou levando um público muito aquém do esperado ou adequado, e a locação definitiva dispunha de um espaço bem reduzido em relação ao local originalmente previsto. Acabou não fazendo muita diferença, ao ponto que, antes da apresentação, o pessoal que se encontrava nos mezaninos e em lugares mais afastados foram convidados a descerem e se aproximarem do palco para preencher o grande número de assentos vazios. Embora aplaudida a atitude, uma completa falta de respeito com quem pagou muito mais caro pelo privilégio de ver a apresentação de perto e acabou sendo amontoado por pagantes menos endinheirados.

Com horário marcado para as 21hs, o bendito só subiu ao palco cerca de meia hora depois numa fracassada tentativa de esperar que fosse chegando mais gente. Ledo engano.

O ex-vocalista do Soundgarden e Audioslave porém, mostrou-se “carismaticamente profissional” e conduziu um show solo muito bom. Logo de cara, mandou ao raio que o parta normas como “proibido fotografias com flash” ou “apenas pessoal previamente autorizado pode fazer filmagens” (isso foi divertido).

Reza a lenda que ele parou de fumar e beber para garantir uma boa voz na turnê. Não sei se efetivamente fez alguma diferença. Para os saudosos jovens adultos que enfrentaram os últimos anos de escola no final do milênio passado sob a trilha sonora do Soundgarden, realmente não fez a mínima diferença. A galera pirou na batata do começo ao fim.

Falando mais de música agora, armado com quatro violões no palco, o cara arrebentou. Na lata soltou três canções da carreira solo: Scar On The Sky, As Hope And Promise Fade e Ground Zero só para provar que o show seria pegado e que a proposta acústica não era apenas uma palhaçada extravagante.

Em sintonia com o público, em dado momento passou a tocar praticamente só músicas sugeridas pela plateia, o que fez com que o setlist previsto virasse uma bagunça. O cantor teve que conter os ânimos da galera em função de tantos pedidos gritados ao mesmo tempo. Até mesmo Hotel Californa do Eagles acabou entrando no repertório. A primeira música do Soundgarden, The Day I Tried To Live, só veio aparecer após toda a baderna.

Depois de brincar com um toca-discos fazendo a vitrola tocar uma das músicas do seu disco solo Euphoria algumas músicas do Audioslave finalmente apareceram: I Am The Highway e Can’t Change Me.

Com o final da audição se aproximando, incrivelmente não se notava qualquer espécie de cansaço vocal por parte do maluco. Vai ver que a história de parar de beber e fumar deram certo.

Aos fãs, mesmo após um show longo e de altíssimo nível, ficou um gostinho de quero mais. Sem bis e sem despedidas, muitas das composições que se tornaram clássicas com o passar dos anos acabaram ficando apenas na vontade. Esse tipo de fenômeno é recorrente com artistas que dispõe de uma carreira tão vasta e rica. Porém o show foi mais curto que no resto do país e especulações a respeito de má-vontade e pouco público sempre vem à tona. Ainda assim, o rock comeu solto e com estilo.

por Fernando Tedesco

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s